NÓS , O EMPREENDEDORISMO E A PANDEMIA
06 de Maio de 2021 | Postagem realizada por : Greicy Verí­ssimo

NÓS , O EMPREENDEDORISMO E A PANDEMIA

É... a realidade mudou! Nada mais será como antes...

E como ficou e ficará o empreendedorismo feminino?


Conforme o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas),Houve  um número recorde de empresas abertas em 2020, quando o Brasil registrou a criação de 3,4 milhões de novos negócios. Em meio a pandemia o brasileiro conseguiu abrir o seu negócio apoiado por políticas públicas direcionadas para isso. E o que se aprendeu até então é que os pequenos negócios são plenamente capazes de oferecer meios para que o País supere essa crise com maior rapidez.

E por consequência a digitalização e a inovação fazem parte deste caminho.

Por outro lado os impactos econômicos do Covid19 atingiram em cheio as mulheres empreendedoras brasileiras.

No 3º trimestre de 2020 havia, segundo o Sebrae, cerca de 25,6 milhões de donos de negócio no Brasil. Desse universo, aproximadamente de 8,6 milhões eram mulheres (33,6%) e 17 milhões, homens (66,4%). Em 2019, a presença feminina correspondia a 34,5% do total de empreendedores (o que representou uma perda de 1,3 milhão de mulheres à frente de um negócio). 

E esta queda esta ligada a necessidade da mulher cuidar mais da família das crianças que estão em casa e dos idosos que são o maior grupo de risco, fora as tarefas domésticas de rotina que continuaram.

Sendo assim a s mulheres foram mais prejudicadas com o evento da pandemia.